Charli XCX ousa com experimentalismo despojado em “5 in the Morning”

Nossa querida Charli XCX não para mesmo! Depois de dois mixtapes de sucesso lançados em 2017, a cantora agora surpreende mais uma vez com “5 in the Morning”, música produzida por The Invisible Men que abre seus horizontes artísticos para uma nova direção.  

Apesar de não estar sempre sob os holofotes da mídia, podemos dizer com toda certeza que Charli XCX possui uma visão sempre a frente sobre o mercado musical. O seu espírito empreendedor e visionário fica impresso a todo momento em suas direções de vídeo, composições, interpretações musicais, entre outros diversos trabalhos. Não é à toa que, aos 26 anos, a cantora já tenha emplacado diversos sucessos como “Fancy”“I Love It” e “Boom Clap”, sem contar o barulho imenso que seu hit “Boys” fez mundo afora.

O último álbum de estúdio da cantora, Sucker, foi lançado no final de 2014. Já irá fazer quatro anos desde que o pop cliclete desse hinário conquistou muita gente naquela época. Mas o sucesso não parou por aí. Por incrível que pareça, o fato da cantora ter realmente assumido o pop como seu principal guia fez com que seus dois últimos mixtapes inspirados pela PC Music, ambos lançados em 2017, fossem muito bem aclamados pela crítica. Além de ter lançado materiais incrivelmente únicos nessa época, seu som nunca soou tão autêntico. Com “5 in the Morning”, porém, Charli experimenta uma nova roupagem.


No novo single, que deve entrar para seu terceiro álbum, a cantora inglesa exala atitude e ousadia que, ao invés de um pop exuberante, usa um trap despojado para sua construção. Parece que nesse novo trabalho, Charli uniu um pouco da esfera experimental de seus mixtapes ao som radiofônico dos seus dois álbuns de estúdio, tendo uma fórmula perfeita do que bombaria nas rádios hoje em dia, visto que canções à la Post Malone e Rihanna estão sempre em alta hoje em dia.

Apesar de não apresentar a mesma autenticidade e adrenalina de seus mixtapes, “5 in the Morning” entra em cena como um experimentalismo que deu certo na voz de Charli XCX, além de iluminar um lado artístico da cantora que pode ser uma das chaves para transformar o seu terceiro disco em um verdadeiro sucesso. Estamos ansiosos para o que está por vir!