Será que Dinah Jane atendeu às expectativas ao lançar sua carreira solo com “Bottled Up”?




Depois de tanta espera, mais uma ex-Fifth Harmony lançou sua carreira solo. Dessa vez foi Dinah Jane, com o single “Bottled Up”, primeira amostra dessa sua nova fase. Será que ela atendeu nossas expectativas?
Desde sua audição do X Factor, de longe já se notava o potencial surreal da jovem, que impressionava os jurados com apenas 15 anos na época. Cantando “If I Were a Boy”, Dinah Jane exalou seu alcance vocal e seu poder de emocionar o público. Era como uma jovem Beyoncé que estava surgindo: vocais graves, potentes e extremamente marcantes. 

De fato, isso era evidente no Fifth Harmony. Sua presença agressiva e muitas vezes sedutora roubava cena em vários momentos, fazendo com que Dinah se tornasse sempre grandiosa no palco. Da mesma forma que sua parceira Camila Cabello tinha a personalidade assinada pela delicadeza conquistadora, Dinah Jane então contrastava com seu tom feroz e arrebatador. Por esse motivo, esperávamos que ela viria à carreira solo mais poderosa do que nunca, com grandes vocais, atitude e aquele ar de Diva Pop super compatível com o estilo de Dinah. Bom… mas não foi bem isso que aconteceu.

“Bottled Up”, a música que inaugura sua nova fase, é exatamente o oposto disso. A faixa é bem sedutora e despojada, mas não chega ao nível Dinah Jane, aliás não chega nem perto. O single traz uma produção mecânica, que lembra muito as músicas do Fifth Harmony, e ainda apresenta uma letra pouquíssimo inspirada. Apesar de propor um clima quase que refrescante que pode impactar as rádios com sua fórmula comercial, não anula o fato de que a canção é extremamente genérica dos pés à cabeça.


É de se reconhecer que o ritmo é bacana e que até aceitaríamos isso para o Fifth Harmony (engolindo seco, mas até que iria), porém, por outro lado, Dinah se encontra em um momento que é seu grande divisor de águas. Camila Cabello foi construindo seu legado pouco a pouco com muito louvor; Normani parece estar fazendo o mesmo com sabedoria; até Lauren já está cantando músicas autorais em seus shows que parecem que transmitem sua verdade; agora te pergunto: e Dinah Jane?

Para lançar sua carreira, é extremamente importante que ela consiga dissociar sua figura do girlgroup para construir sua própria identidade e apresentar ao público quem é a verdadeira Dinah Jane além do Fifth Harmony. E infelizmente, com “Bottled Up”, a cantora os preocupa com a falta de originalidade e o material muito semelhante com o que já víamos no grupo. É hora de inovar. É hora de mostrar o ar feroz que ela tem dentro de si. Estamos ainda na esperança que Dinah Jane mostre a verdadeira diva interior que ela tem!