Itaipava De Som a Sol

Tove Lo continua seu reinado e prova ser a "Cool Girl" do electro-pop


Tove Lo é o exemplo de artista que não para de lançar material atrás de material, e é claro que a gente ama muito, afinal quanto mais na ativa a cantora permanece, mais seduzidos nossos ouvidos ficam. Assim, para nossa alegria, a cantora já está com o seu segundo álbum quase pronto e já temos o primeiro single do mesmo, chamado “Cool Girl”, que superou muito minhas expectativas.


Desde quando Tove Lo estourou nas paradas mundo afora, a cantora não parou mais. No primeiro álbum, foi hit atrás de hit. Depois disso, a cantora foi convidada para diversas colaborações, desde Nick Jonas até Coldplay, e agora, Tove Lo está de volta para reafirmar a ideia de que ela não é mais uma one hit wonder. Se manter estável na indústria da música, ainda mais no começo da sua carreira, é um desafio imenso, mas não para a cantora, que realiza tal função com muita facilidade, sempre lançando canções que, apesar de serem radio friendly, possuem identidade própria e não são nada genéricas.



Quanto a nova música da cantora, vou começando pelos raríssimos pontos negativos. Bom, devo dizer aqui que apesar de ter me apaixonado pela música por inteiro, tenho que admitir que ela perde um pouco para suas antecessoras “Habits (Stay High)” e “Talking Body”. O pequeno diferencial que ocorre em “Cool Girl” é que, diferente dos outros singles da Tove Lo, você não fica tão conectado à música o tempo todo, somente parte dela (pré-refrão e refrão). Isso tudo ocorre porque o crescente da batida não caminha numa linha constante, mas sim numa linha fragmentada com picos inesperados. Por outro lado, felizmente, não penso que isso seja um fator relevante a ponto de interferir no sucesso da música, porque realmente o refrão é extremamente contagiante e funciona muito bem, ainda mais nessa época de verão americano. Logo, ao ouvir pela primeira vez, você já pode com certeza esperar ficar com o famigerado “I’m a, I’m a, I’m a cool girl/ I’m a, I’m a, I’m a cool girl/Ice cold, I roll my eyes at you, boy” na sua cabeça, assim como eu fiquei.

Ao ouvir esse single, eu comecei a pensar bem sobre o trabalho imbatível da cantora, que nunca deixa a desejar, e cheguei numa conclusão: as cantoras pop deviam aprender muito com Tove Lo. As músicas que tocam nas rádios estão cada vez mais banalizadas pela famosa fórmula do “ctrl c + ctrl v”, que padroniza a forma de cantar, mixar e escrever. Em “Cool Girl”, portanto, a cantora mostra muito bem como é que se faz para sair da mesmice do pop. Com a batida certa e a temática que é bem a cara dela, a cantora conseguiu, como de costume, criar um ambiente e deixar a marca Tove Lo registrada na faixa. Na minha opinião, nenhuma artista do mercado consegue misturar tão bem o techno com essa pegada dark alternativa de “Cool Girl”, nem ao menos sequer conseguem ter o cuidado de inserir a medida certa de melodia chiclete como a cantora conseguiu fazer nessa faixa. Sem dúvidas, “Cool Girl” tem tudo para virar um sucesso e ainda se diferenciar bem nas rádios. Estaremos torcendo pelo pop diferenciado cheio de personalidade de Tove Lo!

A cantora já nos deu o gostinho perfeito para o seu próximo álbum, que já tem até nome e data de estreia. O segundo disco da Tove Lo se chamará Lady Wood e tem data de lançamento prevista para 28 de Outubro. Tudo indica que será tão bom quanto o seu primeiro álbum. Estamos ansiosos!