Itaipava De Som a Sol

Ariana Grande constrói conceito em cima de fase difícil para o novo single



Ariana Grande está de volta com o seu single “No Tears Left to Cry”. Após uma fase perturbada de sua vida, como o atentado terrorista ocorrido ao fim de seu show em Manchesterela abre alas para um quarto álbum com uma atmosfera animada e otimista.

"No Tears Left to Cry" é um hino extravagante que esbanja confiança e atitude, com uma produção que nos faz gritar bem alto "POP PERFECTION!". E como se não fosse suficiente, esse tesouro foi e veio acompanhado de seu vídeoclipe. Nele, se percebe todo um trabalho em cima do surrealismo e ilusões de ótica. O tempo todo a cantora aparece andando pelas paredes ou até pelo teto do cenário. Fato que contribuiu para diversas especulações por parte dos fãs. A nova era poderia ser baseada em outra perspectiva, até outro mundo quem sabe, indo além da realidade e da sensualidade muito trabalhada no último álbum Dangerous Woman. Ainda não temos informações sobre o quarto disco, mas ao julgar pelo tamanho do conceito, esperamos por algo maior.


Sua letra não poderia ser mais pessoal. Após o evento que envolveu mortes e causou comoção no mundo todo, ela fala sobre estar se recompondo e correndo atrás do tempo perdido. Ao contrário do ano passado, ela está em um momento bom de sua vida e ainda mais fortalecida emocionalmente. Algo notado também nas cores, que agora estão em maior número e são mais vivas. A foto divulgada como sendo a capa do single contém até um arco-íris em seus olhos. Aliás, a faixa em si é o próprio arco-iris, que exala suas cores da forma mais doce e expressível possível. A música e o clipe exalam, lado a lado, um universo paralelo de pura compaixão.

Além de fazer a ligação entre o passado e presente da vida de Ariana, seus versos podem servir de auxílio aqueles que passam por momentos difíceis, o que a faz se tornar uma música com uma essencia muito importante. Todo o clima de superação é regado por uma produção pop moderna, que parece deixar as influências R&B de lado. Sem dúvidas, aliás, essa é uma das melhores músicas pop lançadas atualmente. A sensualidade não é mais presente como em seus últimos trabalhos, mas por outro lado carrega conceitos mais profundos.

Tudo conspira de encontro a teoria da nova perspectiva que Ariana Grande passa a enxergar. Aquela que a cantora vê o lado bom mesmo nos acontecimentos ruins, assim como fez com o triste evento que a envolveu. Ela conseguiu reunir toda essa fase negativa e a transformou em sucesso com “No Tears Left to Cry”, que já está sendo aclamada pela mídia norte-americana, inclusive por revistas como a Variety.