Itaipava De Som a Sol

Os maiores sucessos de Christina Aguilera


Em homenagem ao recente retorno de Xtina para o mainstream após 6 anos sem álbuns de inéditas. Hoje, o Keeping Track traz na coluna “Especial Hits” a voz da geração. Com vocês, Christina Aguilera.


    1. Genie In A Bottle
                Ano: 1999
                Pico nos charts: US #1 / UK #1



O single de introdução de Aguilera no mundo foi lançado 19 anos atrás, mas poderia ter sido lançado semana passada; é atemporal. Destaque para as letras, que escondiam nuances sexuais e mesmo assim tocava diariamente na Disney.

                2. What A Girl Wants
                Ano: 1999
                Pico nos charts: US #1 / UK #3



O primeiro #1 do século a gente nunca esquece, e é esse mesmo o caso por aqui. A produção “pop fofo” é unida a vocais potentes e singulares, trazendo então mais uma explosão nos charts.

                3. Come On Over (All I Want Is You)
                Ano: 2000

                Pico nos charts: US #1 / UK #8



Atingindo seu terceiro #1 ainda no álbum de estreia, Aguilera brinca aqui com sexualidade (“Não estou falando apenas da sua sexualidade / Mas não consigo me segurar quando você coloca suas mãos em mim”), mostrando que a inocência pintada por sua imagem não era tão parecida.

                4. Lady Marmalade (com P!nk, Mya, Lil’ Kim e Missy Elliott)
                Ano: 2001
                Pico nos charts: US #1 / UK #1



Um hit mundial relembrado até hoje. A versão da canção de Patti LaBelle era nervosa, energética e explosiva, tudo que Xtina também era na época. Com isso, conseguiu ofuscar os demais nomes e clamar o single de seu.

     5. Dirrty (feat. Redman)
                Ano: 2002
                Pico nos charts: US #48 / UK #1



"Dirrty" sofreu um boicote dos EUA pelo conteúdo extremamente sexual - mal sabiam eles que o clipe de tornaria um ícone da cultura pop e que até hoje inspira artistas?

                6. Beautiful

                Ano: 2002
                Pico nos charts: US #2 / UK #1



Indiscutivelmente seu maior hit, Beatiful ultrapassou gerações e continua sendo um hino de amor próprio e superação. A canção poderia ter sido cantada por qualquer uma - inclusive, P!nk ficou a um passo de gravar -, mas a escolhida foi Xtina.

                7. Fighter

                Ano: 2003
                Pico nos charts: US #20 / UK #3



Fighter acabou se tornando sua canção de assinatura, dando nome também a toda sua fã base. A música imprime uma raiva notável e é Aguilera no seu auge sentimental.

    8. Can’t Hold Us Down
                Ano: 2003
                Pico nos charts: US #12 / UK #6



Tudo bem, talvez não seja um grande hit e nem todos conheçam - mas a canção merece destaque. Quando, até então, apenas Madonna havia falado de feminismo e dado visibilidade à causa, Xtina retomou o assunto numa resposta direta ao verso machista de Eminem em alguma canção esquecível dele. E ainda deu uma alfinetada violenta: “Você deve falar grande / Para compensar coisas menores”. Ouch!

                9. Candyman
                Ano: 2007
                Pico nos charts: US #25 / UK #17



Ok, "Ain’t No Other Man" pode ter vendido mais e atingido posições mais altas, mas é "Candyman" que tem mais longevidade. Até os dias de hoje é uma referência do cenário pop de 2007. E convenhamos: mais memorável que a canção para o ex-marido.

             10. É com muita tristeza que separamos um tópico especial pros singles entre "Candyman", seu último sucesso até "Moves Like Jagger". Por isso, homenageadas ficam:

                 "Keeps Gettin’ Better"
                "Not Myself Tonight"
                "You Lost Me"
                "Express"
                "Your Body"
                "Just A Fool"
                "Let There Be Love"

                Pros fãs, pouco importam charts quando a qualidade é dessas acima.

              11. Moves Like Jagger (com Maroon 5)
               Ano: 2012
               Pico nos charts: US #1 / UK #2



Basicamente, ela colaborou no que veio a se tornar o maior hit do Maroon 5. Junto com isso, ainda empatou com Britney como as únicas artistas femininas a estarem no #1 da Hot 100 por 3 décadas diferentes.

                12. Feel This Moment (com Pitbull)
                Ano: 2013
                Pico nos charts: US #8 / UK #5



Não satisfeita em marcar presença no maior hit do Maroon 5, contribuiu também no maior hit de Pitbull. Participou da composição e da produção, então é mérito seu assim como todas as colaborações - que seriam seus últimos hits, por enquanto.

                13. Say Something (com A Great Big World)
                Ano: 2013
                Pico nos charts: US #4 / UK #4



Essa canção retrata o auge de limpeza de imagem de Christina, após os turbulentos anos de 2010, 2011 e 2012. Ganhou Grammy, pegou Top5 na Billboard, foi aclamada e mostrou que ainda tinha muito talento ali. A banda desapareceu do mainstream depois desse único hit, mas não é como se ela também tivesse ficado muito presente na mídia após.

Agora, é torcer para que o mundo se liberte com #Liberation, que sai dia 15/06. Enquanto isso, deixamos vocês ainda mais ansiosos com a nossa playlists de hits da Xtina. Acelera!