Camila Cabello conquista público paulista com set apaixonante no Z Festival

Foto por: Celso Tavares/G1
Depois de tanta espera, Camila Cabello fez sua maravilhosa estreia solo no Brasil graças ao Z Festival, que trouxe a Never Be The Same Tour para o nosso país para 4 apresentações, levando os fãs à loucura, com direito a lágrimas, sorrisos e brilho nos olhos. Acompanhamos a passagem da cantora no show em São Paulo e muito do que vimos no palco diz muito sobre o porquê de Camila chegar onde chegou hoje. 

Para te sintonizar, a cantora foi a atração principal do Z Festival em 4 cidades brasileiras: Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo e Curitiba. Aqui em SP, o festival reuniu diversos fãs, desde os mais novos até os que a acompanham dos tempos de Fifth Harmony, para um dia inesquecível. Como o próprio nome da tour e da música diz: nós nunca mais seremos os mesmos depois de tanto amor compartilhado entre aquelas 15 mil pessoas que iluminavam a arena.

Desde a fila, os fãs aguardavam ansiosamente pelo grande momento, muitos deles, aliás, vestindo camisetas com letras de músicas de Camila ou até o próprio rosto da cantora estampado. Mas assim que entraram na arena, já puderam fazer um esquenta muito bom para o grande momento. O Z Festival contou com um time de atrações nacionais que serviu muito bem de suporte para construir a empolgação em seu mais alto nível. Make U Sweat e Kvsh agitaram bem a galera com um set eletrônico eletrizante. MC WM envolveu a galera com seu flow único. Já Vitor Kley e Zeeba arrancaram muitos suspiros do público jovem, que cantou junto aos hits “O Sol” e “Hear Me Now”. Ao fim, Rouge entregou um dos melhores sets, com repertório nostálgico e postura digna de diva pop. 

Assim, depois de todas as atrações, chegou o grande momento. Os olhos de Camila Cabello tomavam conta do telão em um interlude cheio de tensão. Logo, a nossa fada cubana apareceu, disparando o coração de muitos com seu grande hit “Never Be The Same”. Ao longo do show, em cada transição de música, Camila não exitou em tornar recíproco todo o amor que recebia naquela noite, revelando até em um momento que quase chorou no momento que pisou no palco e viu tanta gente cantando junto à ela. “Eu lembro da época que escrevia músicas no meu banheiro escondida. Jamais achei que isso seria possível algum dia”, disse ela sobre a recepção. 

O repertório girou em torno das músicas do seu tão maravilhoso álbum de estreia, com adição de até algumas surpresas, como a unreleased “Scar Tissue”, “Bad Things”, “Know No Better” e até um cover de “Can’t Help Falling In Love”. 

O grande trunfo da noite viria, portanto, depois da dançante “In The Dark”, quando ela revelou estar tão feliz por estar em solo brasileiro que queria muito fazer uma surpresa para os fãs. Adivinha só o que aconteceu? Minutos depois Camila Cabello anunciou Anitta no palco. Assim as duas estrelas do pop levaram os fãs à histeria ao som de “Paradinha”, enquanto Camila saudava Anitta com elogios que não acabavam mais, incluindo “rainha do Brasil” (em português mesmo). Pra fechar a participação, as duas tiveram até um momento fofo cantando “Real Friends” juntas. Puro amor, né gente?

Foto por: Celso Tavares/G1

Alguns momentos em especial registraram a essência genuína de Camila, o que nos fez refletir da sua importância na indústria. Um deles ganhou vida em canções mais emocionantes como “Consequences”, onde a cantora mostrou todo seu talento e seu poder de nos guiar pela sua poesia musical com tanto sentimento. E tudo em sua volta era muito honesto e humilde.

Outro momento foi quando a cantora, sendo ela uma imigrante nos Estados Unidos, fez com que sua verdade latina resistente também fosse marcada não só musicalmente, em músicas como “She Loves Control e “Havana”, mas também no aspecto visual que passou durante “Something’s Gotta Give”, cuja performance teve Camila cantando sobre vencer o ódio com amor em frente a um telão passando imagens dos imigrantes nos Estados Unidos mostrando resistência. Isso inspirou o público, que mesmo tão jovem, se sentiu confortável para soltar um belo “Ele Não” referente ao nosso momento político atual. 

Camila não precisa de grandes estruturas ou uma superprodução para se provar uma grande artista. Ela mesma é um espetáculo por si só. A cantora cubana nos conquistou com seu carisma, com seu português doce que saiu de sua boca em frases como “Brasil, vocês são muito fofos” e “Gostosas”. Em diversos momentos, ela se mostrou apaixonada assim como a gente e é essa faísca que faz um show ser tão especial. Assim como a mesma afirmou, ela já é “secretamente meia brasileira” e isso não temos como negar. Uma metade de seu coração pode estar em Havana, mas a outra certamente está em terras brasileiras. E é por isso que a estaremos esperando sempre de braços abertos!