"Não Para Não" veio com tudo de melhor que Pabllo Vittar tem a oferecer

Dessa vez Pabllo Vittar foi longe demais e colocou a gente para dançar do início ao fim do seu mais recente álbum Não Para Não.

Após quase dois anos do seu primogênito Vai Passar Mal, que nos trouxe hinos como "Todo Dia", "Vai Passar Mal" e "Então Vai"; Pabllo traz dez músicas inéditas para a sua nova era. A primeira lançada das dez, que virou single, foi "Problema Seu". Com uma batida dançante e letra shady que você pode usar como indireta pro @, a canção se posicionou no topo das playlists do Spotify. 

Agora com o material completo em mãos, ouvimos e trouxemos um track by track desse hinário. Confira:

"Buzina"

Pabllo abre o álbum com um tecnobrega que já me levou para o Carnaval 2019. Ela inicia a música brincando com a ideia de que estamos embarcando em um voo.

Uma letra e batida chiclete e envolvente daqueles que te fazem arriscar passos de dança mesmo que você não saiba. Um abre alas perfeito que leva a expectativa para o resto do álbum lá em cima.

"Seu Crime"

Cheirinho de hit no ar! A música mais compartilhada nas redes sociais desde o lançamento do álbum promete invadir as festas e playlists de todo mundo.

Pabllo mostrou em "K.O." que sabe falar sobre um amor e fazer uma música dançante ao mesmo tempo. E agora, ela mostra que sabe fazer o mesmo com uma decepção. Nos contando como a relação pareceu não valer a pena, ela toca nosso coração criando uma relação com o ouvinte.

Com o refrão de uma frase “Seu crime foi me amar”, a música nos leva de uma calmaria para um ritmo que remete ao forró. Torcendo pelo clipe desse hino!

"Problema Seu"

Ao ouvir pela primeira vez e a parte do álbum, a música me passou uma outra expectativa para Não Para Não. Porém ao escutar no conjunto todo, não tem como negar que foi a escolha perfeita para o primeiro single.

Em uma mistura de tecnobrega com ritmos do Norte do Brasil, Pabllo nos entrega uma música em que dá a volta por cima. Provavelmente trabalhando em conjunto com Seu Crime sucedendo a história.


"Disk Me"

O segundo single do álbum foi lançado no dia seguinte de Não Para Não ser disponibilizado nas plataformas. E trouxe consigo um clipe com uma vibe Blue Jeans de Lana del Rey, com uma fotografia linda.

Na letra, Pabllo faz uma brincadeira com o trocadilho de disk me e diz que me, pois na história, o boy está ligando para dizer que a ama depois de ter sido uma decepção.


"Não Vou Deitar"

Mais uma vez trazendo o forró como uma forte referência, Pabllo traz nessa música o momento em que decidimos parar de sofrer pelo o que nos machucou e vamos seguir a vida.

Não vou deitar, é expressão para não deixar as coisas passarem por cima de você e só aceitar. Um hino de superação que serve como um gás para o seu público.

"Ouro (feat. Urias)"

Poder, brilho e luz. É isso que Pabllo e Urias, amigx fiel desde o começo da carreira e agora está mostrando seu talento para música também, querem nos mostrar que a vida pode ser.

Depois dos dias ruins, a vida pode se iluminar novamente. Novamente fazendo menção a essa possível decepção que ela vem tratando desde o começo do álbum.

"Trago Seu Amor de Volta (feat. Dilsinho)"

A parceria feita com o cantor de pagode rendeu um dueto apaixonante com referências de um pop antigo que a gente morre de saudade.

Pabllo fala sobre as coisas que são feitas para acontecer, mesmo que por caminhos diferentes do que planejamos. Por exemplo, duas pessoas que devem ficar juntas e o destino as uniu.

"Vai Embora (feat. Ludmilla)"

A música que todos mais estavam ansiosos para ouvir quando viu a tracklist! No começo podemos sentir uma vibe Charlie XCX e uma letra chiclete para cantar nas festas e que também expressa uma superação e a vontade de seguir.

Depois somos inseridos com um pop misturado ao funk de Ludmilla. Seria essa a "Todo Dia 2.0"? Esperamos que sim!

"No Hablo Español"

Uma música sensual com um toque de salsa vai nos levando para o fim do álbum. Cantando sobre uma nova paixão, Pabllo nos transporta para os antigos cabarets e fala sobre a linguagem do corpo substituindo as palavras.

"Miragem"

Pabllo fecha o álbum nos dando uma sensação de encerramento para essa história que ela quis contar. Sua vida depois de ter passado pelo tempestade de desilusão amorosa.

Ela nos conta como não foi amor de verdade e sim uma ilusão e conta seus sentimentos de um jeito mais maduro e aliviado.

Num geral, Não Para Não é um álbum extremamente bem produzido e sabe com quem está falando e o que o público espera. Contrasta bastante com Vai Passar Mal nas composições, pois no primeiro, Pabllo nos passa uma vibe mais apaixonada e nesse ela está superando um amor que não deu certo.

Um disco que dá para ser escutado tranquilamente diversas vezes e em várias situações. Nos resta saber quando Pabllo vai voltar aos palcos com sua nova turnê e nós estaremos prontos para recebê-la de volta.