Benny Blanco lança novo hit pop latino, agora em parceria com Tainy, Selena Gomez e J. Balvin

Para encerrar o mês de fevereiro em grande estilo, na última quinta-feira (28/02) Benny Blanco decidiu lançar mais um hit para a sua carreira. A grande parceria entre Tainy, Selena Gomez e J. Balvin tem batidas contagiantes e ao mesmo tempo suaves.

Mesmo com muitos nomes na produção de “I Can’t Get Enough”, a música recebe sua própria identidade e continua linear. Benny Blanco e Selena Gomez pertencem ao pop eletrônico, enquanto Tainy e J. Balvin ao reggaeton. A junção desses dois estilos é como se deu o produto final: algo refrescante e atual sob medida aos moldes comerciais. As suas batidas são suaves, mas animadas e dançantes. Os sons são em sua maioria eletrônicos, com modificadores e são utilizados diversos mecanismos de “interrupção” tanto no ritmo tanto nos vocais, o que poderia ser um desastre, mas que aqui acaba soando muito como um charme adicional.

Mesmo que a sua letra beire a superficialidade, a sua atmosfera melódica tem uma pitada de romantismo. Os seus versos falam sobre um amor carnal e não tem reflexão alguma. Não narra nada racional, profundo ou além da curtição do "aqui e agora". Enquanto o ritmo é em parte sensual, em parte mais lento e meloso. Porém, ambos se apresentam genéricos e repetitivos. De modo que, Gomez permanece reforçando “Give me some more, I love it”. Nesse quesito, de fato, nada de tão inovador, mais ainda assim chamativo.


A cantora, segue investindo no gênero latino que não costumava estar em contato. Primeiro com “Taki Taki”, agora com “I Can’t Get Enough”. O conjunto de sons da última ainda cultiva um aspecto “abafado”, o que contribui para a dramaticidade. O estilo em evidência é o pop e o reggaeton aparece de uma forma não convencional, ou seja, mais tranquilo e romântico como já citado, devido à grande mistura.

A faixa se assemelha mais aos trabalhos de Benny Blanco e os vocais dos cantores deixam tudo em um clima um pouco louco e quente. A música pode ser resumida em um narrador nunca satisfeito, desejando sempre mais e nunca saindo desse estado de euforia.  

Por fim, essa é uma música digna de #1 nas paradas, assim como a maioria dos outros trabalhos do produtor, como “Eastside”, sucesso desde julho do ano passado.  Em relação a Selena Gomez, será o reggaeton o estilo de seu novo disco? Devido as últimas faixas em que está envolvida, tudo indica que sim, mas mal podemos esperar para ter certeza!