O single "Sucker" marca o retorno dos Jonas Brothers de forma grandiosa

Seis anos após separação, Jonas Brothers está de volta com música nova. É isso mesmo que você entendeu. Pode até parecer um sonho, mas é verdade. “Sucker” é o primeiro single que marca esse retorno e não poderíamos abrir este ciclo de forma melhor.

O poder que Jonas Brothers teve na década passada é absolutamente indiscutível. Em tempos sem BTS e One Direction, o trio de irmãos foi, de longe, a maior sensação teen daquela época. Os queridinhos da Disney quebraram barreiras no mundo pop, emplacando três álbuns consecutivos no topo das paradas e esgotando ingressos de arenas ao redor do mundo. Além disso, Joe, Nick e Kevin brilharam em várias premiações, chegando a ser indicado como “Artista Revelação” no Grammy Awards e ganhando essa mesma categoria no American Music Awards.

Com a separação frustrante, Nick Jonas chegou até a tentar carreira solo, mas tudo soou muito forçado. Já Joe Jonas, com o grupo DNCE até que deu certo. Mas nenhum dos dois conseguiu a mesma repercussão que tinham com os Jonas Brothers. A vida pessoal também mudou muito para todos. Kevin agora está com duas filhas, frutos do casamento com Danielle Jonas. Joe está noivo de Sophie Turner, estrela de Game Of Thrones. E Nick, o mais novo, se casou recentemente com Priyanka Chopra. 

Nesse retorno, surpreendentemente, eles mostram a essência dos Jonas Brothers atualmente, em uma música que eles se declaram às amadas de um jeito exuberante, num amor sem medidas que soa de forma muito divertida e despojada. Com produção de Ryan Tedder, Frank Dukes e Louis Bell, o grupo cria um som maduro que, ao mesmo tempo que resgata a essência alto astral da banda, também traz um ar fresco mais adulto para os Jonas Brothers e para a indústria pop como um todo. 


Trata-se de uma faixa com melodias pop que flertam com um flow funk contagiante que te pega de primeira. O novo Jonas Brothers parece como uma mistura do DNCE e dos anos dourados do Maroon 5, trazendo um pop de qualidade com instrumentos reais, sem a famosa saturação de sintetizadores predominante hoje em dia. É um verdadeiro respiro para o mercado pop que poderia impactar, sem dúvidas, as rádios. É questão de tempo somente para a música ser intitulada como um grande hit. Se continuar nessa vibe, o trio deve ser um dos grandes nomes do verão americano.

O clipe para a música, cheio de cores, situações inusitadas e caras e bocas, também deu o que falar. Como uma verdadeira família real, a produção traz os três irmãos e suas esposas no palácio Hatfield House, onde a Rainha Elizabeth I cresceu, além de trazer cachorros pequenos da raça corgi, os cães favoritos da Rainha Elizabeth II. São pequenas referências que tornam o clipe grandioso. Além disso, o mesmo tem como inspiração o humor grotesco de A Favorita, recém-lançado filme indicado ao Oscar, que também traz a temática da realeza.

Em meio a tanta criatividade, “Sucker” foi o tiro certo para este surpreendente comeback. Os Jonas Brothers estão vivíssimos, com harmonias e melodias poderosas, além de uma identidade artística renovada e forte para impactar as rádios novamente, como nem Nick ou Joe conseguiu na carreira solo. O grande fenômeno está com tudo e promete arrancar muitos surtos do nosso adolescente interior. Mal podemos esperar pelos próximos passos.