Conheça Highly Suspect, uma das poucas bandas atuais que mantêm o rock de pé


Highly Suspect é aquele tipo de banda que consegue te levar às nuvens com suas músicas altamente trabalhadas no hard rock e no blues. Depois de ter lançado alguns EPs e um álbum – que não teve muito sucesso –, o trio americano lançou, no ano passado, o Mister Asylum, segundo álbum da banda que trouxe vários méritos, inclusive duas indicações ao Grammy Awards 2016, levando o trio a concorrer com grandes nomes do rock, como Muse, Slipknot e Florence + the Machine.
De fato, Highly Suspect merece estar onde está agora. Originalmente de Massachusetts, a banda foi para Nova York para tentar novas chances e lá, iam nas gravadoras, de porta em porta, mostrar do que os três eram capazes de fazer juntos, mas mesmo assim, eram rejeitados facilmente. A banda tocava onde dava: desde estações de metrô até em barzinhos. Até que em um show que faziam no Trash Bar, em Brooklyn, algo inédito aconteceu: Lyor Cohen –dono da 300 Entertainment que estava no local – simplesmente interrompeu o show, pegando o microfone e anunciando “Nós vamos contratar esta banda depois do show!”. E foi assim que tudo mudou para Highly Suspect. Depois de tudo isso, Johnny Stevens – guitarrista e vocalista da banda – aconselha os grandes sonhadores:

Nunca tenha um plano B, pois a partir do momento que você tem um, significa que o seu plano A tem grande potencial de dar errado.
O Mister Asylum foi o primeiro álbum da banda com a atual gravadora e, como resultado, só poderia ter saído um álbum monstruoso como este, no bom sentido, é claro. Toda a trajetória da banda, e dos membros individualmente, reflete neste álbum, com letras fortes, porém sempre honestas – dá pra imaginar, já que compor, para os integrantes, é como um remédio para a ansiedade. Quanto ao som, Mister Asylum é claramente um álbum de grunge com influências do blues. E, do começo ao fim, cada integrante faz um ótimo trabalho, combinando melodias que, para o rock, estão extintas desde a década de 90.

Para fãs de: Queens of the Stone Age, Royal Blood e Velvet Revolver.
Principais Influências: My Morning Jacket, Queens of the Stone Age e Muse.


6 comentários:

  1. Banda simplesmente foda, os riffs e o vocal são unicos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Definitivamente, os caras são bons demais. Merecem mais reconhecimento!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Eles são muito bons mesmo!! É uma banda que merece definitivamente mais reconhecimento.

      Excluir