One Direction mostra toda a sua “History” em novo clipe com clima de despedida


Zayn is back! E também tem o X Factor! E dancinhas. E os cabelos com o corte bieber. E os terninhos com gravata borboleta. E os clipes antigos da banda. E mais dancinhas!

Lá pela metade de 2015 fomos pegos de surpresa com um single que abriria as portas para um novo álbum e, juntamente a isso, com a notícia de que este seria o último antes de um hiato em que o One Direction entraria. Em novembro, o Made In the A.M. veio com ótimas músicas, singles viciantes e vídeos visualmente muito bonitos – especialmente Perfect, do qual gosto muito – e pode-se dizer que eles entregaram tudo o que tinham para entregar antes da pausa. Para encerrar o ciclo, History vem como terceiro e último single do álbum.

Shipps à parte, é muito bom ver como os meninos são companheiros e como realmente se adoram dentro e fora dos palcos. É incontável o número de bandas que se separaram por brigas entre os próprios membros e o 1D constantemente mostra que esse não é o caso deles. Abraços, brincadeiras, risadas e dancinhas em grupo não faltam em History, desde o comecinho nos tempos áureos do X Factor UK até cinco anos depois, sem Zayn. Também há cenas de clipes anteriores como What Makes You Beautiful, Best Song Ever, Night Changes e Drag Me Down.


O sentimento é agridoce. Por mais que eu não seja fã da banda, reconheço que o clipe é de destruir qualquer coração directioner, tanto de uma maneira muito boa como de outra totalmente oposta. Relembrar é viver e é exatamente essa a mensagem que o One Direction quis passar a seus fãs, que viram em cada cena preta e branca do clipe uma lembrança do passado, quando as paixões platônicas por seus ídolos estavam só começando, ou se transformando, amadurecendo, assim como eles mesmos estavam.

Hoje a banda entra em hiato por tempo indeterminado, mas não antes de deixar a todos um presente a que directioners e não directioners possam olhar e relembrar toda a história deles, que viverá, sim, para sempre. No fim, só temos que nos ater a “So don't let it go, we can make some more” e esperar que voltem logo!