Itaipava De Som a Sol

Ed Sheeran inaugura nova era com dois singles pra aplaudir de pé


Pode preparar os batuques e as lágrimas, porque Ed Sheeran está de volta! Depois de ter decidido dar uma pausa em 2016, o cantor finalmente voltou à atividade, lançando dois singles maravilhosos e inaugurando uma era um tanto quanto promissora. 

Após dois grandes álbuns de sucesso, Ed ficou um tempo longe dos holofotes, mas por uma boa razão. O cantor esteve escrevendo e gravando muito nos últimos meses, e já temos aqui um gostinho maravilhoso do que está por vir na próxima era. Seguindo a mesma linha de nomenclatura de seus últimos álbuns – o Plus e o Multiply –, o novo álbum recebeu o nome de Divide e, com o lançamento de “Shape Of You” e “Castle On The Hill” – os dois carros chefe –  já é possível ter uma ideia do quão fantástico será este novo material do cantor. Dá pra perceber que a referência à matemática em cada fase de Ed não é à toa, não é mesmo? Afinal ele definitivamente sabe aplicar a fórmula certa em cada música. Ed é um gênio que sabe unir equilíbrio em cada nova composição, sempre com muita versatilidade e originalidade.



Entre as duas lançadas, “Shape Of You” é a mais dançante e a mais pop, porém nada genérica. É impossível não se deixar levar pelo ritmo tropical que a música nos guia, ainda mais com a percussão bem à la Ed Sheeran. Por mais que a maior praia do cantor ainda seja a acústica romântica, Ed vem navegando em águas mais ousadas desde seu último álbum, principalmente com “Don’t”, e com certeza explorar sua versatilidade só ampliou o seu leque de artista, porque essa pegada também funciona muito pro Ed. “Shape Of You” parece uma versão praiana de “Cheap Thrills”, da Sia, com “No Scrubs”, do TLC, e nada poderia soar mais refrescante do que uma mistura dessas. Nada como começar o ano ao som de uma marimba deliciosa dessas, né?



Se “Shape Of You” nos conquista pela combinação maravilhosa de ritmos pra cima, “Castle On The Hill” nos ganha com sua letra maravilhosa que transcende qualquer barreira de tempo e espaço, do tipo que estimula o lado direito do cérebro a criar cenários e personagens, acompanhado de um enredo de autoria do nosso ruivo favorito. Sim, a música está com essa bola toda mesmo. Com uma letra que leva o eu lírico desde a sua infância até sua vida adulta, é impossível não se emocionar com o clima nostálgico e impactante que “Castle On The Hill” deixa nos nossos corações. Do começo ao fim, numa marcha sobre a vida e com explosões impactantes, a música transmite nada mais e nada menos do que a verdade. É apenas muito real e profunda. Viajando por um indie rock suave, assim como o de James Bay e Snow Patrol, Ed soube construir muito bem uma ponte entre o seu próprio mundo criativo e o nosso coração. “Castle On The Hill”, assim como o cantor fez em “Photograph”, tem uma vibe penetrante que renova o espírito de qualquer mortal. 

Uma pausa de um ano já estava parecendo uma pausa de uma década, de verdade, portanto nada poderia começar tão bem 2017 como a volta de Ed Sheeran. Com o lançamento de “Shape Of You” e “Castle On The Hill”, o cantor conseguiu mais uma vez fortalecer sua credibilidade artística, nos mostrando que ele vai muito além de qualquer cantor clichê com violão. Não há mais dúvidas de que Ed Sheeran é um grande fenômeno da música! É um grande prazer ver este rapaz fazendo história a cada novo lançamento.