Itaipava De Som a Sol

Art Of Anarchy: A volta por cima e o retorno triunfal da banda


Depois de uma baixa no fim de 2015, o Art Of Anarchy dá a volta por cima e mostra que veio pra ficar, com novo álbum de inéditas e um substituto mais do que digno para Scott Weiland.

Após lançarem um álbum de estreia sensacional em junho de 2015, o futuro parecia muito promissor. Até que no dia 3 de dezembro o vocalista Scott Weiland (ex vocalista do Velvet Revolver e do Stone Temple Pilots) foi encontrado morto por overdose em seu ônibus de turnê, pouco antes de um show que faria com sua banda The Wildabouts. 

Em memória de Scott, o álbum Art Of Anarchy foi disponibilizado gratuitamente pela banda. 


A volta por cima veio em maio de 2016, quando Scott Stapp (ex vocalista do Creed) anunciou que seria o substituto oficial de Weiland nos vocais do Art Of Anarchy. Já em outubro a banda lançou o primeiro single com Stapp, a sensacional The Madness, que contou também com um ótimo clipe. 


Recentemente, em março desse ano, a banda lançou seu segundo álbum, também intitulado The Madness, que mostra um direcionamento um pouco diferente do primeiro, mas mantendo a essência. Stapp se encaixou como uma luva na banda e se mostrou um vocalista ainda muito versátil e competente, algo que se torna nítido nas faixas No Surrender, Somber, Afterburn e na faixa-título. 

Além de Stapp, o supergrupo também conta com Ron "Bumblefoot" Thal (ex guitarrista do Guns N' Roses), John Moyer (baixista do Disturbed) e os gêmeos John e Vince Votta, na guitarra e bateria. 

A banda já está em turnê desde abril, promovendo The Madness que você pode conferir na íntegra abaixo:


Ps. Gostaria de me apresentar: Eu sou o Eduardo, novo integrante do Keeping Track e pretendo escrever principalmente sobre rock e seus subgêneros, sempre da forma mais abrangente possível.