Dua Lipa inova o conceito de amor próprio no clipe de "IDGAF"


Em meio a um mês turbulento no mundo da música, com grandes lançamentos de faixas e albúns, Dua Lipa não podia ficar de fora. A cantora lançou nessa sexta-feira (12/1) o clipe de "IDGAF", cheio de danças, cores e um grande conceito por traz. 

Não é novidade que o primeiro álbum de estúdio de Dua Lipa é um grande empoderador para as mulheres. "New Rules", o primeiro single que estourou ao redor do mundo, tanto o clipe quanto a letra já as encorajam a esquecer aquele parceiro que não as valorizam. 

Em "IDGAF" não é diferente, mas desta vez, em vez de citar regras para as pessoas de fora, parece contar a própria história em que cortou o companheiro de sua vida. Porém, após o lançamento do clipe, percebemos que a música não é só um cenário de sua vida, mas sim uma lição sobre o amor próprio. 

O ambiente do vídeo é quase todo branco e simplório, fato pelo qual as cores e oposição são destacados. Logo no início percebemos dois times, cada um com uma versão de Dua Lipa e mais algumas dançarinas. O azul, por sua vez, parece forte e confiante, inclusive a Dua Lipa de seu time que canta os versos da música. Enquanto o laranja parece mais cabisbaixo e inseguro. 

Então, os dois parecem começar um grande duelo de dança e, claro, o time azul parece sempre estar por cima. Depois disso, ao final da faixa, o ambiente é fechado deixando em evidência as duas versões da cantora. Essa é a parte chave do videoclipe. As duas se conciliam e a versão da cantora do time laranja começa a cantar também. Em seguida todas as dançarinas se misturam e começam a dançar junto, simbolizando o fim do conflito interno da cantora, a aceitação e o amor próprio. 

De acordo com o caminho que Dua Lipa está tomando, ela com certeza se mostra um exemplo ou inspiração para muitas mulheres. Por isso o seu sucesso é muito importante no mundo do pop, e isso vai muito além de suas melodias contagiantes.