Itaipava De Som a Sol

Por que Khalid está fazendo tanto sucesso entre os jovens?


O novo cantor norte-americano de apenas 20 anos, Khalid, tem feito muito sucesso com o seu último e único disco American Teen. O que nos leva a pensar sobre o porquê de toda essa aclamação do público, além dos prêmios já ganhos e indicações. Como o cantor estourou assim tão de repente?

Já em seu ano de estreia o cantor conseguiu indicações até ao Grammy, o mais importante prêmio da música. Sim, indicações no plural por não ter sido apenas uma, mas sim cinco. Sem contar aqueles que o novato ganhou, como no MTV Video Music Awards, premiação baseada em popularidade, em que os ganhadores são elegidos pelo público. Portanto, não há duvidas de que o compositor conseguiu um grande sucesso logo no começo de sua carreira, principalmente com o público jovem. Fato que se justifica pela idade dele e letras do álbum lançado.

A temática do American Teen é totalmente literal em relação ao nome. Carrega músicas sobre a adolescência, toda a necessidade e em contrapartida, dificuldades em conquistar a independência. Evidencia, no geral, a vida de um jovem estadunidense, viajando por suas novas experiências, amores, contradições, escolhas, emoções e até questões sobre a tecnologia. Algo novo e muito marcado na geração atual, que mudou completamente a forma da sociedade se relacionar.

Algumas das músicas falam sobre relacionamentos amorosos que não estavam fazendo bem para nenhum dos lados ou que eram até mesmo obsessivos, como em "Coaster" e "Therapy". Outras falam daqueles que foram mais intensos, como em "Keep Me", já que as sensações são afloradas na adolescência. Enquanto outras, como "Location", criticam as relações intermediadas pela tecnologia ao exigir uma conversa cara a cara.

Aliás, percebe-se de fato que as relações são guiadas principalmente pela tecnologia em músicas como "Saved", que traz um conceito incrivelmente pós-moderno de amor e perda. Em pura melancolia, o cantor canta como um anjo sobre a dor e dificuldade de seguir em frente. Assim como muitos, o tempo pode estar passando bem rápido, mas Khalid se vê parado no tempo ainda sem ter superado. E adivinha como isso é representado? Com o telefone. Seguir em frente para ele seria deletar o contato da pessoa de seu celular. Porém, como ele ainda tem esperanças, ele ainda o mantém caso eles voltem a ligar um pro outro. A ideia de ter um "contatinho" e se apegar nunca foi tão bem representada como nessa letra. 

Um dos principais singles de sucesso “Young, Dumb & Broke” consegue resumir bem o conceito do conjunto de faixas. Fala sobre como as relações na adolescência parecerem duradouras, enquanto na verdade é tudo muito volúvel e passageiro. Como as mudanças são as grandes características dessa fase da vida, assim como o descobrimento de coisas novas.


Ele ainda utiliza as palavras do título para ilustrar o típico adolescente. Alguém jovem, que ainda não tem as ideias formadas e por isso, as emoções acabam interferindo nas decisões e também alguém que é sustentado pelos pais.

A faixa e o disco em geral aproveitam o estilo R&B alternativo com traços de pop que vem conquistando grande popularidade nos últimos tempos. Com isso e todos os outros itens, American Teen consegue fazer com que jovens não só norte-americanos, mas de todo o mundo, possam se identificar com as músicas e se sentirem compreendidos.

Já sobre os trabalhos de fora, um dos últimos que ele participou foi a parceria com o rapper Logic e a cantora Alessia Cara. Em "1-800-273-8255" os artistas cantam em combate ao suicídio. O nome da música é o próprio número do NSPL (National Suicide Prevention Lifeline), o que seria o centro de prevenção ao suicídio dos estadunidenses. A faixa também leva uma mensagem de esperança para todas as pessoas em situações delicadas e ressalta um problema tão presente na nossa sociedade, que muitas vezes é omitido.


Por fim, o motivo pelo o qual os adolescentes tanto gostam do cantor é nada mais nada menos que a identificação. Algo tão importante nessa fase, em que o que mais o maior desejo é de se encontrar, se descobrir, saber quem é em meio à multidão. Além de não querer enfrentar todas as mudanças e responsabilidades sozinho, visto que tudo é amenizado quando a pessoa em questão sabe que não está passando por tudo aquilo desacompanhado.