Big Up: a mistura de reggae e rap que está conquistando o Brasil


Já com dois EPs e um álbum lançado recentemente, a banda Big Up é mais uma grande aposta da música brasileira. Quando você menos perceber, já vai estar apaixonado pelo swing fluidez proporcionados pelo reggaerap do grupo.

Proveniente de Interlagos, o trio revive a cultura dos guetos jamaicanos junto a uma brasilidade musical única. Com influências do ragga e do sound system de rua, os caras fazem a festa em um estilo extremamente consistente com muitos valores agregados. Gabriel Geraissati traz a melodia envolvente, enquanto Lucas Pierro chama a atenção com seus versos de rap e Victor Burbach, mais conhecido como Grilo, traz todo o flow que um reggae man deve ter.

Como tudo começou?

Gabriel sempre esteve envolvido com a música, desde muito novo. Aliás, pensando que o músico é filho do lendário violonista André Geraissati, faz sentido o fato do jovem ter mergulhado nesse universo tão cedo. Com o tempo, ficou sabendo a respeito de Lucas Pierro por essas conversas de bairro que vão e vêm. Não demorou muito para os dois se juntarem pelos botecos da região fazendo covers de Charlie Brown Jr. pra lá e pra cá, com o nome de Hard Core Ticana.

Em um certo dia de ensaio, Grilo foi acompanhar o duo, que logo já viraria o trio que estamos conhecendo hoje. Na volta, no meio da Marginal Pinheiros, fecharam o acordo. Juntos se tornaram a Big Up e começaram já a gravar demos no estúdio que eles mesmos improvisaram. O resultado disso tudo foi extremamente positivo, com uma linda mistura de versatilidade que une diferentes talentos.


Quais são as principais influências do trio?

Como você já deve imaginar, a Big Up é basicamente o reggae que ouve o Brasil. Ela faz a ponte entre a Jamaica e o nosso país verde e amarelo de forma impressionante. Gostam, portanto, de brincar com diversos ritmos e trazer à tona uma mistura rica e multicultural. Não é à toa que o disco referência pra eles é Kaya N’gan Daya, afinal o material une o reggaerock, frevo, afoxé, forró, maracatu e baião. Além disso, o trio possui diversos outros ídolos mundo afora, como Smile Jamaica, Chronixx, Amanajé Sound System, Monkey Jhavan, Novos Baianos e vários outros.

Uni-versos: o álbum de estreia da Big Up

Antes de lançar o grande álbum debute, a Big Up foi ganhando experiência no mercado, principalmente com seus dois primeiros EPs, que levou a banda além dos limites de São Paulo. Os EPs Guia e DOS realmente já mostravam muito bem a essência e genialidade da banda. O primeiro disco, batizado de Uni-versos, deu continuidade à qualidade dos dois primeiros lançamentos no final de 2017. As gravações contaram um time de primeira: Ricardo Guerra; percussionista na banda de Pepeu Gomes; Magno Brito, que pertence à Banda Sinara e acompanha a turnê Trinca de Ases, com Gilberto Gil, Nando Reis e Gal Costa; Ras Bruno; André Azambuja, no vilão e Vina Jabuti.


Com o primeiro single, “Xangô”, Big Up começou a tocar nas principais rádios do país, incluindo as redes Mix, Jovem Pan e Transamérica. Com o clipe, gravado pela Okent Films, também não foi diferente: ele foi veiculado em todos os canais de música da TV aberta e fechada. Agora com “Eleva”, o segundo single do álbum, o mesmo sucesso se repete, chamando também bastante atenção do público. Essas faíscas iniciadas pela Big Up são só o começo de uma carreira de sucesso, porém já suficientes para colocarmos o trio no nosso radar!