Ariana Grande e Nicki Minaj unem forças em dois singles novos

A amizade iniciada por Ariana e Nicki lá em 2015, quando "Bang Bang" explodiu, havia resultado na bombante "Side to Side", single em parceria para o álbum Dangerous Woman - e se tornou o maior hit da era. Agora a mesma harmonia volta em "Bed" e "The Light Is Coming".

Quase 2 anos depois, elas se unem novamente em dois singles, um de cada uma: "Bed", single de Nicki com participação de Ariana e estará no seu novo álbum QUEEN; a outra, "The Light Is Coming", single promocional de Ariana com participação de Nicki.


E ainda bem que "The Light Is Coming" é apenas promocional, pois é uma canção pobremente produzida, estranha às primeiras e últimas ouvidas e parece pouco inspirada. A música tem um ritmo divertido, mas nada aqui é memorável - nem o rap de Minaj, nem a produção de Pharrell e nem os vocais de Ariana.

Dito isso, é seguro afirmar que "Bed" é a melhor parceria lançada. A canção lembra muito algo que Nicki lançaria no The PinkPrint - e isso não é uma crítica. É, na verdade, um respiro de alívio dos fãs do lado pop da artista - "Bed" é seu single mais comercial desde "The Night Is Still Young" e bem mais acessível aos diversos públicos do que "Chun-Li", por exemplo. Desde "No Frauds", Minaj havia focado no nicho rap e alguns fãs pop sentiram falta, e aqui temos novamente. 


É uma canção calma, com excelentes vocais de Ariana, que inclusive são extremamente grudentos - assim como a música como um todo. Com clipe gravado, esperamos que Nicki consiga com este single o hit que não vê há tempos.

QUEEN e Sweetener, álbuns de Nicki Minaj e Ariana Grande respectivamente, serão lançados no segundo semestre.