Itaipava De Som a Sol

As várias fases de um romance ganham vida em “Know”, de Jason Mraz


Para a nossa alegria, Jason Mraz retorna com mais um trabalho. O seu sexto álbum de estúdio, intitulado Know, narra uma grande narrativa de amor e conta com batidas do country pop e aquele violão marcado que a gente tanto ama.

O disco não apresenta grandes inovações no quesito sonoridade. Mas não importa: a sua atmosfera alegre e carregada no violão é o que nos cativa do começo ao fim. A sua leveza é o grande segredo de uma obra simples, porém completa. É apaixonante também sentir a harmonia entre o ritmo e a história de amor que Jazon Mraz tem pra contar.

No início, já temos a inspiradora "Let's See What The Night Can Do", que já começa o projeto de maneira grandiosa e angelical. Já em "Have It All", a alegria é pulsante e nos envolve de forma otimista. E assim conseguimos, junto ao cantor entrar em contato com uma linda história de amor que está prestes a começar. “More Than Friends”, parceria com Meghan Trainor, reflete que sobre um amor além da amizade, tudo de uma forma muito delicada e apaixonante. Amor, positividade e esperança são o que tornam o álbum tão próximo do coração do ouvinte.


No country pop de "Unlonely" e "Better With You" o narrador se vê perdidamente apaixonado, como todos se sentem no começo de um relacionamento. O seu ritmo ainda é alegre e suas batidas um tanto quanto lúdicas, para acompanhar o estado de espírito do personagem. É de fazer qualquer um ir ao céu.

A partir daí o ritmo começa a desacelerar e tudo se torna mais dramático. Ao mesmo tempo que os gêneros começam a se misturar, o que simboliza o turbilhão de emoções. Percebemos a presença de violinos dando maior sentimentalismo, além de influências fortes do folk em “No Plans” e do jazz em “Might As Well Dance”.


Nessa segunda fase de Know, Mraz se mostra já dentro do relacionamento, tendo de enfrentar problemas no dia a dia e o encontro com a sua amada, que, por sua vez, acaba sendo o seu grande refúgio. Eles vivem momentos incríveis juntos e tudo é tranquilo, como contado também na ultima faixa citada.

Ao fim, o personagem parece chegar a uma única conclusão: o amor é a resposta. Com violinos ainda mais marcados junto a um grau maior de dramaticidade, ele enaltece as relações amorosas na iluminada "Love Is Still The Answer". Jason Mraz deixa claro que esse sentimento é a solução para todos os problemas do mundo. O amor é capaz de mudar a tudo e a todos.