"Não Nega", o primeiro EP de Mateus Carrilho nos envolve do começo ao fim


O ex-integrante da Banda Uó, Mateus Carrilho, deu a largada oficial na sua carreira solo com o lançamento do seu EP "Não Nega". O cantor traz canções de sua autoria e com um toque de techno brega para gente matar a saudade.

Mateus já tinha anunciado que estava com projetos solo quando lançou seu primeiro single "Privê", que foi um tremendo sucesso entre os fãs da antiga Banda Uó e estavam se sentindo órfãos depois do anúncio do fim dela.

O EP, lançado no começo desse mês, é composto por quatro músicas inéditas e conta com o primeiro single do cantor. E conta também com um feat mais que especial com MC Tha.

Não Nega

Mateus abre o EP com um encontro perfeito de techno brega e funk. Uma variação de batidas que faz você pensar que se trata de uma canção de amor, mas quando se dá conta, está rebolando no refrão. Aqui, ele fala sobre não deixar de curtir suas festas e seus rolês só porque o seu crush não está lá. "Eu vou sair com quem aparecer", Mateus está todo independente e não quer esperar ninguém para fazer acontecer. Confira o clipe:




Sonzeira (feat. Mc Tha)

Um funk melody nunca faz mal né? Em "Sonzeira", Mateus optou por um funk do começo ao fim, brincando bastante com efeitos vocais que deixaram a música mais descontraída. A participação de Mc Tha foi o toque especial mais que necessário. O seu timbre suave e sedutor deixa a música ainda mais gostosa de se dançar.

Privê

Desde o primeiro single já podíamos ver o encontro techno com funk que Mateus estava propondo. Essa música também nos remete muito a Banda Uó, talvez uma escolha inteligente dele ao ser sua primeira música divulgada, pois um dos medos do fãs era que eles seguissem caminhos muitos diferentes (o que, particularmente não é algo ruim). Com "Privê", Mateus pôde mostrar que ainda era o mesmo cantor dançante e envolvente.



Descendo a Ladeira

Talvez a minha favorita do EP. Ela começa com um instrumental envolvente e combina com uma letra e melodia que te faz dançar e cantar ao mesmo tempo. Mateus fala sobre se apaixonar sem abandonar o seu estilo pop dançante. Seria incrível como um próximo single!

Feito Furacão

Fechamos o EP com um reduzida no ritmo das músicas dançantes. Com uma intro no violão, "Feito Furacão", traz os estragos de um coração partido. Com umas referências de pop anos 90, Mateus fecha de uma maneira calma e com uma canção para escutar no metrô voltando de uma balada louca.

Por ser um EP rápido, Não Nega, se torna uma opção perfeita para se escutar sempre quiser ouvir algo dançante enquanto se realiza uma tarefa. E, também, uma grande estreia para Mateus Carrilho como artista solo, criando altas expectativas para um futuro álbum cheio de colaborações incríveis e singles maravilhosos.