“Walk Me Home”, novo single da P!nk, é um verdadeiro hino

Desde seu retorno glorioso com Beautiful Trauma, a nossa rainha P!nk só tem dado tiros certos. Pronta para decolar agora para o próximo disco, ela nos presenteia com o maravilhoso single “Walk Me Home”, que abre mais um legado promissor para a cantora.

Não há dúvidas que P!nk é um dos grandes ícones da música. Em seus quase 20 anos de carreira, suas acrobacias, caras e bocas e seu repertório tão autêntico chamam atenção por onde passa, fazendo dela uma artista incomparável no mercado. Ela tem seu próprio jeito de nos cativar, seja no pop, R&B, urban, pop rock ou qualquer outro gênero. Agora, com “Walk Me Home”, ela nos surpreende e encanta com um folk pop arrebatador cheio de emoção.

A música, co-escrita com Nate Ruess e Scott Harris, traz a P!nk em busca de paz e conforto em seu parceiro, com versos simples, genuínos e banhados em puro romance. A cantora ainda projeta o sentimento muito bem com a raspidão de seus vocais potentes, que já se tornou marca registrada de P!nk. Tudo é ainda embalado com uma produção orgânica e pulsante que explode no refrão de forma grandiosa. 


Em versos como “Walk me home in the dead of night/I can’t be alone with all that’s on my mind/So say you’ll stay with me tonight/Cause there is so much wrong going on outside”, a cantora resgata o amor e o lúdico de forma primorosa em uma canção que se mantém apaixonante do começo ao fim. A vontade é de esquecer o mundo e ficar em volta de uma fogueira com nossas pessoas queridas enquanto ouvimos e cantando junto à música.

A sonoridade é algo diferente para o seu repertório, visto que a cantora é mais conhecida por suas músicas cheias de atitude que realça o seu lado badass. Porém, neste novo trabalho, assim como muitas faixas do Beautiful Trauma, P!nk traz nuances mais delicadas de si. Em “Walk Me Home”, esse lado é traduzido em belas melodias folk, que soam como primas distantes de canções como “Just Give Me a Reason” e “Where We Go”. Sua bateria crescente e marcante anda de mãos dadas com bandas grandes de arena, como Mumford and Sons e The Lumineers, indo de encontro até com o pop romântico de James Blunt. 

Não sabemos se para este novo projeto P!nk vai mergulhar de cabeça no folk, mas admitimos que seria uma experiência interessante. Vemos como uma versão mais extrovertida do seu projeto you + me com Dallas Green. O que nos resta é muita ansiedade. O clipe da música deve sair em breve e foi dirigido por Michael Gracey, diretor de The Greatest Showman. Já o álbum, intitulado Hurts 2B Human, está programado para abril. Vem com tudo, P!nk.