Anna Of The North e o charme inspirador de "Used To Be"

Após o sucesso do álbum de estreia Lovers, Anna Of The North continua nos surpreendendo com essa nova era que vem construindo. Com versos sinceros, "Used To Be", seu mais novo lançamento, traz um ar fresco de sensibilidade e um groove urban cheio de atitude. Sobretudo, a faixa traz uma mensagem que todos devem ouvir.

Desde seu brilhante debute, a jovem norueguesa vem se destacando cada vez mais como uma das grandes revelações da música alternativa. Ela já emprestou seus vocais para duas faixas do icônico álbum Flower Boy, de Tyler, The Creator, já teve uma música remixada pelos Chainsmokers e outra que bombou sendo trilha sonora do filme Para Todos os Garotos que Amei. E, como se não bastasse, Anna Of The North conquistou ainda mais fãs abrindo shows para Anderson Paak. Ela tem sido um fenômeno mundo afora e, novamente transmitindo sua verdade de forma simples e ingênua, promete ir ainda mais longe com "Used To Be", sua mais nova canção.

Em "Used To Be", a cantora nos proporciona uma experiência surpreendente e imersiva. Aos poucos, nos sentimos mais conectados ainda com seus versos despojados e seu estilo electropop suave que flerta com leves texturas do famoso vaporwave americano, além de influências sutis do hip hop alternativo. Tudo ganha ainda uma certa elegância ao contraste dos instrumentos metálicos de sopro e dos coros, que ecoam de forma tão refrescante ao fundo. A mensagem de viver o agora, portanto, é a grande protagonista da vez.


Com um significado tão forte e uma importância tão universal, Anna Of The North nos incentiva a viver o momento e deixar de lado qualquer outra preocupação. A faixa resgata, de forma muito poética, aqueles tempos em que conseguíamos parar, respirar, e apreciar as pequenas coisas ou até apreciar uns aos outros sem nos entregar à saturação de símbolos superficiais e obsessão com o futuro. "Used To Be", além de ser uma preciosidade musical, também é um grande aprendizado para todos. Versos como "Now you're spending all your money on the things you don't need / When all that really makes you happy are the things you can't see" resumem toda essa ideia muito bem.

“ Eu tenho medo de que um dia eu acorde, velha e triste, percebendo que passei minha vida inteira olhando para uma tela e que queria ser alguém que eu não sou. Vamos apenas jogar uma bola na parede juntos e apreciar um ao outro por um segundo.” - Anna sobre a faixa.
Juntamente com o incrível carro-chefe desse novo disco, "Leaning On Myself", a nova "Used To Be" nos mostra uma jovem se inspirando no passado e na simplicidade das coisas para criar suas próprias regras e seus caminhos. Tais caminhos que, por sua vez, tendem nos emocionar junto nessa bela trajetória. Sendo sempre destemida e autêntica, Anna Of The North prova mais uma vez que vai muito longe.