Itaipava De Som a Sol

A mensagem por trás do peculiar clipe de "All The Good Girls Go To Hell", da Billie Eilish

Conhecida por seus hits tão inusitados, Billie Eilish parte para mais um single e clipe promissor do seu álbum de estreia. "All The Good Girls Go To Hell" traz um clima obscuro e peculiar, já tão característico de Billie Eilish, porém com uma mensagem muito especial e importante.

Dirigido por Rich Lee, o clipe serve de continuação para o de "Bury a Friend", começando bem na parte em que Billie é raptada e tem suas costas com um monte de injeções. Daí, vemos agora em "All The Good Girls Go To Hell" que a cantora ganha um maravilhoso par de asas, até cair na Terra, que no clipe está retratado como o próprio inferno.

Ao cair no nosso planeta, suas asas ficam encharcadas de óleo. Dessa maneira, ela tem dificuldades para se libertar. Com sangue nos olhos e dor em sua expressão, Billie caminha pelas ruas, cheia de óleo, com seu corpo instável e suas pernas cambaleando, enquanto tudo pega fogo. Realmente uma atmosfera muito obscura é construída, mas isto para retratar uma situação que realmente acontece muito atualmente com diversas espécies que estão tendo suas habilidades danificadas e até entrando em estinção, por conta da despreocupação de todos com o aquecimento global.


A produção chega na mesma época que tivemos o escândalo das queimadas na Amazônia e também no mesmo mês que acontece a Cúpula de Ação Climática na sede da ONU. Tudo foi pensado para que pudéssemos nos chocar, mas também nos conscientizar sobre o que está acontecendo atualmente com o meio ambiente.
“Atualmente, existem milhões de pessoas em todo o mundo pedindo aos nossos líderes que prestem atenção. Nossa terra está se aquecendo a um ritmo sem precedentes, as calotas de gelo estão derretendo, nossos oceanos estão subindo, nossa vida selvagem está sendo envenenada e nossas florestas estão queimando”. - diz Billie Eilish sobre a causa