Tom Speight compartilha sua vida com o mundo através de seu álbum '"Collide"



Basicamente novo na cena, mas já aclamado, o cantor e compositor Tom Speight lança seu aguardado álbum de estréia, Collide, pela AWAL. O disco de estreia do britânico é muito pessoal e traz uma compilação honesta de suas histórias e sentimentos.

Desde pequeno, Tom era apaixonado pelos álbuns do Leonard Cohen e começava a improvisar seus primeiros acordes no violão da irmã mais velha. Desde sempre soube que era a carreira musical que queria seguir - o que o levou a estudar na LIPA, em Liverpool, e lá ganhou o prêmio de melhor compositor com a sorte de se apresentar para Paul McCartney.

Sua carreira musical começou apoiando bandas como Ed Sheeran, Ben Howard, Travis e Keane, com gravadoras circulando ansiosas para contratá-lo. Lutando pela vida, no momento em que foi diagnosticado com a doença de Crohn, ele quase desistiu de seu sonho de ser músico. Mas sua reviravolta foi grande e agora sua carreira promete ascender cada vez mais.


Pronto para tentar novamente e por de pé sua carreira musical, Tom tem 6 EPs lançados durante dois anos. Com "Little Love" ele alcançou o número 1 no Brasil! E já atingiu mais de 60 milhôes de execuções de suas músicas!


A produção de Collide se iniciou em 2018. Entretanto, durante esse período, ele sofreu um outro ataque de Crohn que quase o matou e o manteve no hospital por dois meses. Mesmo assim, isso não o fez parar o seu sonho.
Eu acabei passando dois meses no hospital e durante esse tempo passei por um término de relacionamento. Provavelmente foi o meu período mais para baixo. Tive uma semana no hospital onde eu tinha meu próprio quarto, então comecei a escrever novamente. É o único jeito que sei lidar com as coisas! Embora tenha sido um momento extremamente difícil para mim e meus entes queridos, eu sou grato por isso de alguma forma, porque no momento em que deixei o hospital, eu só queria fazer o melhor álbum possível. Eu tive uma sorte incrível com Chris Bond [produtor de Ben Howard], ele entende completamente o projeto e a direção que eu quero para as músicas. Nós amamos experimentar diferentes sintetizadores, cordas, harmonias vocais - nada era impossível.
O álbum inclui quatro singles: "Strangers Now", "Want You", "Waiting", "Heartshaker". Os artistas envolvidos na produção do álbum incluem Lisa Hannigan, Jessica Stavely-Taylor (Staves), Freios de Turin, Carey Willets (Atleta), Benjamin Francis Leftwich e Lydia Clowes.


As músicas do álbum contém uma ótima composição lírica e instrumental. Assim como artistas como Seafret e Ben Howard, Tom Speight capricha no violão acústico para dar um ar mais intimista às suas canções. Das letras que falam sobre decepções amorosas às que conversam com a gente sobre a bondade dos nossos sentimentos, ele tem o talento perfeito para compor.

Não há elogios suficientes para descrever a ótima produção conquistadora do álbum, mas posso destacar algumas das minhas canções favoritas: "Strangers Now", que tem uma pegada acústica evolutiva e uma energia única que nos transporta a outras dimensões; "My Name", que segue a linha de outras dimensões, mas com instrumentos de sopro que trazem uns arrepios inigualáveis; "Evermore", a qual traz uma pegada mais melancólica e podemos sentir cada fagulha do sentimento que envolvia Tom - surpreendente emocionante. Além do destaque para a voz feminina que domina parte canção intercalando sentimentos e a fragilidade da canção de maneira cativante!

Destaco também "Alice", que é bem acústica e tranquilizante, nos tirando qualquer preocupação. Além de que "Heartshaker" e "Want You" são energizantes e trazem um impacto ao álbum com uma alegria que nos faz querer sair cantando por aí.


Mesmo depois de tudo que ele passou, ele se mostrou cada vez mais forte e determinado a superar todas as dificuldades e continuar a realização de seu sonho - e assim fez! Logo após sua estada no hospital, ele já retornou às estradas com Snow Patrol, Tom Odell e The Kooks - além de apresentar suas sessões esgotadas, é claro!

Agora, Tom entra em sua própria turnê para a divulgação do novo álbum. Um trabalho impecável, honesto e que envolve muita boa energia e sentimentos. E, após o sucesso de sua vinda surpresa ao Brasil, agora temos certeza que ele voltará logo, e assim esperamos!