Itaipava De Som a Sol

O significado por trás de "The River", nova música da AURORA!

A nossa fada norueguesa está com tudo! Após o sucesso dos singles "The Seed" e "Animal", AURORA continua seu reinado na nova era com "The River", um grande hino de aceitação de suas emoções. Venha entender o conceito por trás da música com a gente!

"The River" é o terceiro single do seu tão aguardado novo álbum A Different Kind of Human. A canção soa um pouco como seu debute de sucesso, principalmente com a produção e composição em conjunto aos parceiros de seu álbum de estreia: Odd Martin e Magnus Skylstad. A canção ainda conta com batidas extraordinárias de Mark Ralph, que já fez grandes hits com Years & Years, Clean Bandit e Foxes. Certamente é um hit com batidas marcantes e envolventes que crescem de forma inspiradora. Somando ainda a voz celestial, as harmonias e o tom incomparável de AURORA, temos um impacto realmente impressionante.


O significado e a mensagem que a música traz consigo é, portanto, o maior marco da canção. "The River" tem a importante missão de descontrair o estigma social de que demonstrar emoção é sinônimo de fraqueza. Assim, AURORA mostra que, ao contrário do que é imposto, mostrar este lado só enaltece ainda mais sua natureza humana. A cantora, por sua vez, nos incentiva a abraçar nosso lado sensível e todas emoções que vem com ele. Tudo com versos muito poéticos e tocantes: "You can cry / Drinking your eyes / Do you miss the sadness when it's gone? / And you let the river run wild".
"Até que é uma música feliz... faz um tempo que tive uma música alegre, então é bacana. Fui inspirada por algo muito triste, na verdade: quando eu olhei nas taxas de suicídio deste planeta e aparentemente 73% deles eram homens e logo pensei o porquê disso. Logo percebi que, obviamente, deve ser por conta dos sentimentos, emoções e dores que você não pode falar sobre, porque geralmente já é associado com fraqueza. Mas aqui, no meu mundo, não é assim." - disse AURORA sobre a música.
O single é, de fato, inspirado por algo triste, porém projetado de forma iluminada e muito motivadora. AURORA realmente nos faz acreditar em suas palavras, nos proporcionando uma experiência muito positiva e nos deixando leve por dentro.

O clipe, inclusive, amplifica o conceito em uma bela analogia com a natureza. Na produção audiovisual, a cantora está sempre com uma tesoura de jardinagem nas mãos para cortar as plantas que crescem em seus olhos, que representam suas lágrimas. Ao fim, no clímax da música, AURORA se entrega à sua mais bela natureza, se aceitando daquela forma e jogando fora a tesoura. Assim, a cantora floresce (literalmente) de um jeito puro e épico. Agora ela se vê livre por completo. É muito lindo e emocionante de se ver.

Com mais este single, só ficamos ainda mais ansiosos para seu novo disco Different Kind of Human, previsto para o dia 07 de junho. E, para a nossa alegria, antes do lançamento, AURORA ainda dá uma passadinha pelo Brasil com cinco apresentações confirmadas. Mal podemos esperar!