Itaipava De Som a Sol

As 10 faixas essenciais do The XX


The XX, vindo pela segunda vez para o Brasil, se apresenta neste final de semana em São Paulo, na primeira noite do Lollapalooza. A banda é uma das headliners e, quase que consequentemente, uma das mais esperadas. O trio fecha o palco Onix no sábado com uma energia promissora e empolgante, portanto é quase que um dever de casa você conhecer algumas faixas essenciais para o set deles no festival, principalmente se você planeja assistir ao The XX e não conhece as músicas.

O grupo indie britânico sempre possuiu uma sonoridade um pouco obscura, reflexiva e conceitual, mas que ganha luz no terceiro disco da banda, I See You, em que eles experimentam uma pegada mais retrô e dançante, saindo dos padrões minimalistas que haviam construído nos dois primeiros álbuns. As músicas do The XX são um grande mix de emoções, podendo viajar entre extremos sedutores e doces até lugares mais crus e assombrosos. Entre conflitos, desespero, amor e libertação, não há como negar de que todas as faixas da banda representam algo em comum: a vida. Portanto, confira a seguir 10 faixas principais para viver intensamente cada palavra cantada pelo trio no show do Lollapalooza:

10. Chained – The XX


“Chained” é o segundo single do segundo álbum, Coexist. A música representa perfeitamente o coração perdido gerado com o distanciamento de um casal. As batidas de Jamie XX e a guitarra constroem uma sensação tão desoladora e claustrofóbica quanto a história contada, fazendo dessa faixa uma das mais reais e emocionantes da banda.

09. Say Something Loving – The XX


“Say Something Loving” é o segundo single do terceiro álbum, I See You. Ela traz à banda um tom de delicadeza inigualável, principalmente quanto à harmonização belíssima das vozes de Romy e Oliver, que penetra de forma doce e apaixonante em nossos ouvidos.

08. Basic Space – The XX


“Say Something Loving” é o segundo single do álbum de estreia da banda. Aqui a banda sabe explorar exatamente o aspecto sexual dentro de um relacionamento através de um ritmo mais intimista com melodias funk de baixo totalmente inovadoras para o som da banda. A batida desliza, as metáforas te impactam e logo, você estará mais cativado do que nunca por The XX.

07. Sunset – The XX


Viajando por polos mais calmos e às vezes mais agitados, “Sunset” é uma das músicas mais renomadas do grupo. Ela conta aquela velha história de um casal que teve algo muito forte no passado e agora, como estranhos, não sabem como lidar com o distanciamento. A rápida mudança de ritmos faz jus à sensação de altos e baixos de uma situação deste tipo que viaja entre o passado e presente de algo que já foi grandioso.

06. On Hold – The XX


“On Hold” é o carro chefe do último álbum lançado pela banda, I See You. Jamie XX tem seu grande momento nessa faixa com samples de Hall & Oates e batidas retrô que deram uma cara totalmente nova para a banda nessa nova fase. É definitivamente uma das canções mais contagiantes da banda quanto a sua melodia.

05. Angels – The XX


“Angels” é o carro chefe do segundo álbum da banda e até hoje é uma das mais famosas do grupo. Aqui, Romy não só se destaca mais brilha em um dos seus momentos mais icônicos dentro do The XX. Através da voz suave e tímida da cantora, é contada, de forma muito dolorosa, a história de uma obsessão amorosa, que facilmente emociona muita gente. Esse deve ser um dos momentos do show que mais deve arrepiar.

04. Islands – The XX


Não há nenhuma música da banda que flui e cresce tão bem quanto essa. “Islands” constrói um ambiente de muita classe e dinamismo entre todos os integrantes, desde às vozes, instrumentos e batidas adicionais. Tudo está no ponto!

03. VCR – The XX


“VCR” tem aquela pegada nostálgica que a gente tanto ama, desde o nome até o ritmo lúdico e a letra cativante. A música cai como luva pra preencher qualquer vazio deixado dentro da gente.

02. Crystalised – The XX


O “Ah-Ah-Ah” do refrão já virou marca de identidade da banda, sem dúvida alguma. É a faixa mais emblemática do The XX, não só por isso, mas também pela guitarra que brilha mais do que qualquer coisa na música. É incrível!

01. Intro – The XX


É sensacional como uma faixa simples, sem vocais pode segurar o cargo de “melhor da carreira da banda”. Isso acontece com “Intro” e não há ninguém que tire o trono dela. As batidas crescem em uma linha que quebra qualquer barreira de tempo e espaço, é maravilhoso como ela te transporta facilmente para outro mundo.