Christina Aguilera e Demi Lovato se unem na épica "Fall In Line"

O tão esperado dia finalmente chegou e Christina Aguilera divulgou sua parceria com Demi Lovato, “Fall In Line”. Ambas vem flertando uma com a outra meses a fio e a parceria já era dada como confirmada faz tempo. O resultado disso tudo é uma das melhores músicas lançadas em 2018 até agora. 

Como de costume, Chrsitina Aguilera chega a arrepiar com o amontoado de beltings da música, além de brilhar com Demi, de igual pra igual. Aliás, é Demi a responsável pelas notas mais altas e acrobacias vocais da canção, num momento em que Xtina deixa ela brilhar sem perder sua importância na faixa. As duas são protagonistas fortíssimas da canção. Duas mulheres dominando uma música de forma espetacular, acompanhadas de uma garra e poder incomparável.


Demi sempre foi um exemplo de “nova Aguilera”, em moldes parecidos: faz sucesso, tem seu público garantido, mas não é a maior estrela quando colocada de lado como suas outras colegas ex-acts. Aguilera sempre brilhou sendo única, mas nunca chegando ao sucesso arrombador de Britney. Portanto, é seguro dizer que as inspirações de Demi, principalmente após o excelente Tell Me You Love Me, são focadas em seu talento e sua relação com a música, indo no caminho reverso de singles comerciais como “Neon Lights”.

Em “Fall In Line”, portanto, duas gerações se encontram de forma brutal, para criticar a misoginia e desavenças de Hollywood e do mundo. É uma música extremamente sincera, crua e impressionante do começo ao fim, principalmente ao tomar como parâmetro as histórias passadas pelas duas artistas, que destroem qualquer repressão com um reinado livre e destemido. É puro empoderamento!

Domingo teremos a primeira apresentação ao vivo da canção, no Billboard Music Awards. As expectativas? Impossível descrever. Lembrando também que esse hino faz parte do sexto álbum de estúdio de Christina Aguilera, que chega às lojas no dia 15 de junho pela RCA Records. Vem, Album of the Year!