Itaipava De Som a Sol

Capital Inicial inaugura nova turnê "Sonora" com muita animação em São Paulo

No último sábado (16/06), Capital Inicial, lenda do rock nacional, se apresentou em São Paulo, no Espaço das Américas, para dar início a sua nova turnê Sonora. O show contou com um clima amistoso proporcionado pelo repertório que trouxe desde seus antigos sucessos e até as faixas novas.

Acompanhada de um jogo de luzes e uma produção impecáveis, a apresentação já começou com uma música nova bem animada que promete ser o novo sucesso do grupo. O Capital Inicial foi recebido de forma bem calorosa pelo público, que claramente parecia aberto para a nova era de inéditas. Se para as músicas mais novas a galera já foi a loucura, com os tesouros mais antigos nem se fala, né? Grandes músicas como “Independência”, “Quatro Vezes Você” e “Quando a Chuva Cai” tiveram uma multidão cantando junto à banda, que mesmo depois de anos de estrada, parecia estar dando seu melhor e se entregando ao máximo no palco.

Com o tempo, Dinho Ouro Preto finalmente explicou o porque da escolha de São Paulo para sediar o primeiro show do novo projeto. Em meio a muitas gírias, o que o faz se aproximar ainda mais de cada pessoa, manifestou que já devia estar acostumado com o público após tantos anos de carreira, mas toda vez que se apresenta na cidade ainda acha toda a euforia algo de outro mundo. Realmente, a empolgação foi impressionante e digna de fazer parte da estreia do projeto.

Muitos clássicos também marcaram presença na setlist. “Olhos Vermelhos”, “A Sua Maneira”, “Natasha” e muitos outros foram acompanhados do coro da plateia e fizeram daquela noite inesquecível e nostálgica. Como foi um evento especial, a banda também tocou músicas que não tocavam há tempos, como “Desespero”. Sendo ela a primeira composta pelos integrantes. Realmente um momento único que levou os fãs à loucura.

Mesmo com a maioria nitidamente sabendo de cor todos os sucessos, Dinho Ouro Preto sempre muito simpático anunciava o nome de quase todas as faixas antes de tocá-las. Os integrantes ainda jogavam palhetas e interagiam com o público a todo o momento, proporcionando uma relação de proximidade não vista sempre nos shows de outros artistas. 

O palco por sua vez, começou coberto por diversas camadas de cortinas. A cada música uma delas caia, até chegar ao momento em que uma placa de luzes se destacava e deixava lindos efeitos contraluz ou ao acompanhar as batidas do som. 

O espetáculo ainda contou com alguns covers. Relembrou “Otherside” de Red Hot Chili Peppers, “Tempo Perdido” do Aborto Elétrico, banda que tinha o atual baterista do Capital Inicial e que deu origem também a Legião Urbana na época de seu declínio. Porém, a plateia se animou mesmo com “Que País É Esse?”. Neste momento todos pulavam e o show virou um verdadeiro protesto contra o governo. Podíamos ouvir gritos de “Fora Temer” já que o próprio Dinho Ouro Preto dedicou a música a ele naquela noite. A casa se tornou um ambiente político e acolhedor ao mesmo tempo.

O novo single também não podia ficar de fora. “Não Me Olhe Assim” é o último lançamento e o primeiro do novo projeto Sonora. Foi tocado aproximadamente no meio de outros diversos sucessos que levantou o público. 

Ela continuou com outros sucessos como “Tudo O Que Vai”, “Não Olhe Para Trás” e foi encerrada com “Primeiros Erros” e um total de 2h de espetáculo. O próximo destino da banda é Rio de Janeiro, com show marcado para 22/6 e logo depois Brasília, cidade de formação da banda, em 28/7.

Foto por: Rafael Strabelli