Ao lado de Brendon Urie, Taylor Swift inicia nova era aceitando o seu verdadeiro eu!

Após o sucesso de Reputation, Taylor Swift iniciou uma nova era de autoconhecimento nessa madrugada de sexta-feira (26/04), com a música “ME!” e o seu videoclipe. Ela cria um intenso pop chiclete e dá uma grande lição sobre amor próprio. Em parceria inesperada com Brendon Urie, ela testa novos ares, indo para um caminho muito diferente de seu último álbum.

Como um trabalho típico da cantora, tudo é muito pessoal. A imagem da cobra ainda aparece, mas desta vez, se transforma em borboletas. A atmosfera passa a ser mais animada e otimista. A sonoridade é de puro pop, no estilo “Shake It Off”, assim como a ideia geral. Feita de sintetizadores, a maioria dos sons eletrônicos e alguns que lembram o de uma banda marcial. Instrumentos de bateria e de sopro são muito frequentes, tornando esse retorno ainda mais épico.

Na produção audiovisual, temos logo no começo a desconstrução de sua era mais pesada para algo leve, harmonioso, alegre e muito confiante. Em questão de segundos, a paleta de cores escuras da primeira cena muda para um grande arco íris em tom pastel que dá vida a uma estética encantadora e situações bem divertidas de muita dança com caras e bocas. Após uma era toda baseada em vingança, Taylor transborda o seu lado mais doce em uma bela jornada de autoconhecimento:“But one of these things is not like the others. Like a rainbow with all of the colors”.

Nesse trabalho, Taylor traz a positividade de um jeito refrescante e despojado, que se desdobra muito bem com a figura cômica de Brendon Urie. Podemos esperar por músicas mais felizes e softs, visto que o romantismo é outro aspecto que não deixa o cenário. A música mostra um relacionamento, mas de um jeito diferente. A nova era, ao que tudo indica, será sobre a sua própria identidade. A bagagem que carrega e o que aprendeu até chegar aos 30 anos. Em “ME!”, por exemplo, o relacionamento dos dois só está lá para ilustrar tudo isso. Afinal, ela exala confiança do começo ao fim, sentindo bem consigo mesma e transformando as roupas sérias e brigas do começo em vestidos exuberantes e um clima de pura festa. É contagiante!



O vídeo é a parte mais rica do lançamento. Ele é carregado em cores, referências a grandes clássicos do cinema e de outros trabalhos da própria cantora. São tantas, que a BBC até preparou um especial com todas elas. A fotografia é muito bem trabalhada e consegue se adequar perfeitamente ao ritmo animado e o tema da música. Ainda mais para um trabalho tão fantasioso como esse. Impossível não se lembrar de filmes como O Mágico de Oz, Alice no País das Maravilhas, Mary Poppins ou até mesmo A Fantástica Fábrica de Chocolate.

Se o objetivo foi estabelecer uma ligação com os fãs e com quem a acompanha faz um tempo, ele foi alcançado. Elementos comuns de sua vida pessoal também foram inseridos: podemos ver as suas gatas e até mesmo o novo animalzinho de estimação que a cantora adquiriu. Inclusive, foi onde mostrou ele ao mundo pela primeira vez.  

De fato, o som pode ser enxergado como algo mais genérico e infantil, mas esse bubblegum pop perfection cumpre o seu papel e introduz todo o novo conceito lúdico da era. Taylor Swift parece estar mais feliz do que nunca, após a descoberta e aceitação de si mesma. Parece trazer de volta elementos de outras eras, como as fotos em seu Instagram que parecem feitas para o Speak Now. Sem dúvidas, Taylor reergueu seu castelo com muito açúcar, cor e dança. Não poderíamos ter um recomeço mais extrovertido do que esse!